segunda-feira, 31 de maio de 2010

Na Espanha exemplar e caridosa “opção preferencial pelos nobres”

O governo espanhol aprovou a fundação “Marquesa de Balboa Anciãos Solitários Venidos a Menos”, noticiou o diário “El País

Ela visa “atender e cuidar a pobres vergonzantes e anciãos solitários venidos a menos, preferentemente às pessoas que tiveram uma boa posição, com preferência a condição social que teve a extinta Exma Sra. Marquesa de Balboa, que precisam de ajuda e não se atrevem a solicitá-la ou não o conseguem”.

A direção da Fundação cabe à Leticia de Borbón de Rojas, Condesa de Torrellano, e a Oliva de Borbón y Rueda, Marquesa de Villamantilla de Perales.

A iniciativa atende modelarmente à “opção preferencial pelos nobres” simétrica e complementar à “opção preferencial pelos pobres” estimuladas pela caridade católica, como mostrou o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira no livro “Nobreza e elites tradicionais análogas nas alocuções de Pio XII ao Patriciado e à Nobreza romana”.

Desejaria receber atualizações instantâneas e gratuitas de "Luzes de Esperança" em meu email

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Milagres de São Miguel Arcanjo na guerra contra fanáticos islâmicos

Cabo Andrew Koenig mostra bala taleban em seu casco
Em Mariaj, Afeganistão, o jornalista Michael M. Phillips do “The Wall Street Journal” olhava pasmo o casco do cabo Andrew Koenig perfurado por um tiro de um fanático islâmico. Mas, o cabo passava bem. Tim Coderre, detetive que trabalha para os Marines, interrogava-se: “ele está vivo por alguma razão, isto não acontece por azar”.

Perto dele, o cabo Christopher Ahrens contou ter sido alvejado por duas balas no casco no Afeganistão e três no Iraque. Ele mostrou orifícios de entrada e saída dos projéteis no seu casco.

Virando-o, mostrou o interior forrado com uma grande imagem de São Miguel Arcanjo esmagando a cabeça de Lúcifer. Com um sorriso, acrescentou: “eu não preciso de sorte”.

Milagres e proteções extraordinárias acontecem não só aos santos e cruzados, mas também àqueles que com confiança lutam pela boa causa nos nossos dias.

Desejaria receber atualizações instantâneas e gratuitas de "Luzes de Esperança" em meu email

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Educação na abstinência sexual favorece aos adolescentes diz estudo

Novo estudo publicado por “Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine” aponta que encorajar os jovens a evitar o sexo antes do casamento é o método mais efetivo para evitar as calamitosas conseqüências da atividade sexual prematura, escreveu “Human Events”.

O estudo acompanhou o caso de 662 estudantes afro-americanos de escolas urbanas – um dos grupos que apresenta maiores problemas pelas desordens sexuais. Os jovens foram divididos em dois grupos.

O primeiro só recebeu educação visando a abstinência pre-matrimonial. O outro recebeu “educação sexual” com insistência no uso de preservativos e o “sexo-seguro”. Um terceiro grupo “de controle” não recebeu instrução especial alguma.

Após dois anos, o grupo instruído no “sexo seguro” tinha caído em maus costumes numa proporção maior dos que não receberam formação alguma.

O estudo caiu muito mal para a administração Obama que quer cortar mais de U$170 milhões de dólares de subsídios para programas de educação para a abstinência.

Para Linda Chávez, uma ex-esquerdista hoje conservadora, os adolescentes dizem que querem ser alertados pelos adultos sobre os perigos de se iniciarem sexualmente precocemente.

As doenças sexuais, a AIDS, a gravidez prematura são só uma parte do problema. Graves desequilíbrios emocionais com repercussões na saúde física ameaçam os jovens desprevenidos e enganosamente “liberados” pelo falso “sexo seguro”.

Desejaria receber atualizações instantâneas e gratuitas de "Luzes de Esperança" em meu email