quinta-feira, 31 de março de 2011

O 68º milagre de Lourdes narrado pelo agraciado

Serge François consertava aparelhos de TV, mas em conseqüência de complicações post-operatórias e uma hérnia de disco perdeu quase totalmente a mobilidade na perna esquerda.

Em 2002, ele viajou a Lourdes, rezou na Gruta e bebeu água da fonte.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Lourdes: novo milagre reconhecido pela Igreja

Serge François era capenga, depois do milagre caminhou até Compostela (1570 Kms)
Em 12 de abril de 2002, Serge François estava sem dinheiro falando num orelhão de Lourdes para contar a sua mulher o que tinha acontecido. “Aconteceu alguma coisa, você vai ver”, insistia.

A linha caiu por falta de moeda. No outro extremo da linha, Marie-Thérèse ficou na dúvida.

Mas, no dia seguinte, na estação ferroviária de Angers, quando ela viu o marido descer do trem caminhando junto com os romeiros da peregrinação diocesana compreendeu que ele estava curado.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Akita 4: a Fátima do Oriente ‒ Prantos, suor e sangue: análises científicas e pronunciamento canônico


Continuação do post anterior

Novos prantos da imagem

Após as mensagens de Nossa Senhora, a luz ofuscante que cercava a estátua sumiu.

Em 4 de janeiro de 1975, para o espanto da comunidade e do padre Yasuda, a estátua da Virgem começou a chorar e assim fez três vezes naquele dia. Também foram testemunhas dessa lacrimação, além das irmãs, o bispo Ito e certo número de pessoas que participavam com as freiras de um retiro de Ano Novo.

As lágrimas coletadas na borda interior dos olhos desciam pelas bochechas, as coletadas na borda da borda do vestido perto da garganta, desciam pelas dobras da túnica e caiam sobre o mundo sob os pés de Nossa Senhora.

domingo, 20 de março de 2011

Akita 3: a Fátima do Oriente ‒ Anúncio dos castigos

Continuação do post anterior

A última mensagem

No dia 13 de outubro de 1973, aniversário do Milagre do Sol em Fátima, a Irma Inês ouviu mais uma vez uma belíssima voz falando pela estátua:

quinta-feira, 17 de março de 2011

Akita 2: a Fátima do Oriente e seus anúncios ‒ Penitência e reparação

Continuação do post anterior

Segunda mensagem

Nossa Senhora comunicou a segunda mensagem em 3 de agosto de 1973, uma primeira sexta-feira do mês. Uma voz celestial que provinha da estátua advertiu:

quarta-feira, 16 de março de 2011

Nossa Senhora de Akita 1: a Fátima do Oriente e seus anúncios ‒ Primeira mensagem

A imagem milagrosa de Akita
O extraordinário interesse que naturalmente inspiram os terríveis acontecimentos do Japão e a misericordiosa intervenção preventiva de Nossa Senhora, levou-nos a coletar informações sobre os fatos de Akita.

Devido à extensão da matéria, a dividiremos em quatro posts sucessivos.


Inês (Agnes) Katsuko Sasagawa, 42, ingressou no Instituto das Servas do Santíssimo Sacramento em Yuzawadai, apenas fora de Akita, em 12 de maio de 1973. Inês vinha de se converter do budismo, mas estava totalmente surda, incurável.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Japão: Nossa Senhora de Akita advertiu mas não foi ouvida

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




Em 1973, Nossa Senhora se manifestou no Japão à Irmã Agnes Katsuko Sasagawa, que então tinha 42 anos de idade, no convento das Servas da Ssma. Eucaristia na localidade de Yuzawadai, perto de Akita, província de Tohoku.

Quer dizer na região mais atingida pelo terremoto que acaba de causar formidáveis danos no Japão.

Akita fica na mesma latitude do epicentro do colossal abalo sísmico, porém do lado ocidental da ilha, a uma distância de 150 kms de Sendai, a cidade mais atingida e que fica no lado oriental do arquipélago do Sol Nascente.

segunda-feira, 7 de março de 2011

EUA: bancos voltam a exibir símbolos cristãos

Payne County Bank esteve no centro da disputa


Thomas Hoenig, presidente do Federal Reserve ‒ Fed (Banco Central dos EUA) na cidade de Kansas decidiu que os empregados podem ostentar símbolos religiosos, informou a agencia de notícias econômicas Bloomberg.