sábado, 7 de dezembro de 2013

Imaculada Conceição: a grande confirmação das aparições de Lourdes

O 8 de dezembro é uma das grandes datas do santuário de Lourdes.

É a festa da Imaculada Conceição, que está no cerne da devoção a Nossa Senhora de Lourdes.

Nossa Senhora ali apareceu a 11 de fevereiro de 1858 ― a máxima festa de Lourdes ― para confirmar esse dogma, proclamado solenemente alguns anos antes pelo Bem-aventurado Papa Pio IX, para entusiasmo da Cristandade e humilhação da iniqüidade anti-católica.

Uma procissão excepcional é organizada para as 21:00 horas.

Ninguém falta a ela e o cortejo com velas se põe em marcha, saindo da Gruta sagrada, percorrendo toda a esplanada e culminando ao chegar diante das basílicas.

As Ave-Marias são rezadas nas línguas dos grupos mais numerosos.

Após cada mistério, canta-se o bem conhecido hino Ave, Ave, Ave Maria, cuja letra difere, nas diversas línguas.

Mas na hora do estribilho Ave, Ave, Ave Maria, a multidão estremece erguendo as velas em uníssono.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

O retorno das pombas

As gárgulas da catedral de Dijon passavam muito frio no Natal
As gárgulas da catedral de Dijon passavam muito frio no Natal
Na Borgonha, as pedras nunca são brancas por vontade de Deus.

Ao contrário, com o passar dos anos e dos séculos elas ficam bem cinzentas e até pretas.

No alto da catedral, as gárgulas – aquelas esculturas de animais quiméricos colocadas para dar vazão às águas de chuva e qualquer outra sujeira tirada por esta do telhado –, sempre bem alinhadas, estavam mais do que feias.

Mais. Sentiam-se doentes e tristes no seu pétreo silêncio.

Por obra dos entalhadores, elas tinham formas de diabos, monstros e animais horríveis.

O vento, a chuva, as geadas, as fumaças, tudo contribuía para deixá-las mais estragadas, repulsivas e decadentes.

Acontecia também – e ninguém sabia explicar – que as pombas tinham diminuído em número, a ponto de quase desaparecerem.

Só restavam algumas, mas estavam velhas e doentes. Já não se via seu vulto branco no céu e nos galhos das árvores.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Santuário de Nossa Senhora na Índia atrai multidões


Perto de 2 milhões de católicos peregrinaram ao porto de Tuticorin (2.700 kms ao sul de Nova Delhi), pela festa de Nossa Senhora das Neves.

A imagem foi levada em procissão num carro dourado de 21 metros de altura decorado com pedras semi-preciosas.

O peregrinos jogavam pétalas de rosa e flores de jasmim.

A procissão tomou 5 horas para percorrer 3 quilômetros.

Os romeiros viram de toda a Índia, Sri Lanka e países distantes como Inglaterra e Canadá.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Imagens de Nossa Senhora de Lourdes, da Luz e do Sagrado Coração de Jesus admiravelmente salvas nas Filipinas

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




Com menos de um mês de intervalo, em 2013 duas enormes calamidades caíram sobre as Filipinas, país muito populoso de maioria católica.

O país é um grande arquipélago exposto a fenômenos sísmicos e furacões de rara intensidade.

No dia 16 de outubro um terremoto de magnitude 7.2 atingiu especialmente a ilha de Bohol danificando severamente grandes e sólidas igrejas coloniais, de até 400 anos de antiguidade.

A segunda grande calamidade foi provocada pelo tufão Haiyan (lá denominado Yolanda) em 8 de novembro que causou por volta de 2.500 mortes.

Nas duas imensas tragédias registrou-se o mesmo fenômeno: imagens de Nossa Senhora e do Sagrado Coração de Jesus ficaram admiravelmente indenes.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Jornalista esta conseguindo fugir da dependência digital

Camp Grounded: regras muito simples para se desintoxicar
Camp Grounded: regras muito simples para se desintoxicar

Matt Haber, do “The New York Times”, sentiu uma vibração no bolso onde leva o iPhone. Porém, o celular não estava ai.

Estava fechado numa sacola grampeada, junto com o relógio, o cartão de crédito e seus documentos.

A vibração havia sido imaginada. Ali ele percebeu que estava viciado deveras e que tinha feito bem indo ao Camp Grounded, acampamento de férias só para adultos, perto de San Francisco, para se livrar da dependência digital.

Junto com ele, trezentas pessoas seguiam um curso de atividades ao pé da letra reais, de apalpar com as mãos, de cheirar com o nariz e saborear com a língua, incluindo hasteamento da bandeira e outras atividades que ele qualificou de “tranquilizadoramente regressivas”.

O curso é dado pelo grupo Digital Detox, de Oakland, Califórnia, e visa ensinar pessoas desnorteadas ou dependentes da tecnologia a se “reconectar” com a realidade.

Pode parecer estranho, quase como tentar trazer ao juízo alguém que construiu um universo mental onde ele é Napoleão Bonaparte. Entretanto é possível, e Matt tentou.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Topázio brasileiro porta de sacrário em Nápoles

O topázio que esculpido virou a porta do sacrário, detalhe

A história do topázio do rei Fernando II, que esculpido virou a porta do sacrário da Igreja de São Francisco de Paula em Nápoles, começou numa jazida do Brasil no século XIX.

Na ocasião foi descoberta uma pedra preciosíssima: um topázio de cor laranja pálido, que pesava aproximadamente quatro quilos.

Ele foi enviado à Itália e adquirido pela Corte dos Bourbons de Nápoles.

O rei Fernando II (1810-1859) desejava fazer com ele a porta de dois sacrários:

1) o da Capela Palatina do Palácio Real de Caserta, e

2) o da Igreja de São Francisco de Paula, em Nápoles.

O topázio foi então dividido em duas partes iguais.

A metade destinada à igreja de São Francisco deveria, por vontade real, ser esculpida em baixo-relevo.

E o baixo-relevo representaria Nosso Senhor Jesus Cristo partindo o pão consagrado, a Eucaristia.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Uma grande razão para rezarmos pelas almas dos falecidos: o Purgatório

Pensando no bem que podem ganhar nesta data religiosa as almas dos fiéis defuntos -- ente as quais pode haver parentes ou amigos nossos -- reproduzimos a continuação o post Museu das almas do Purgatório 1: uma janela para o além que merece ser mais estudada com estimulante matéria a respeito para rezarmos por essas almas.


Fachada da igreja do Sagrado Coração do Sufrágio

Indo à Basílica de São Pedro pelo Lungotevere – a avenida que bordeja o histórico rio Tibre – o romeiro é surpreso por uma bonita igreja que tem o imponderável de conter algo muito singular.

Não é só o fato de seu estilo neogótico evocar a França e destoar do distendido conjunto arquitetônico romano.

Luminosa, delicada, esguia, sorridente, mas infelizmente fechada boa parte do dia, a igreja do Sagrado Coração do Sufrágio fica a dois quarteirões de Castel Sant’Angelo e da Via dela Conciliazione, que leva direto ao Vaticano.

VER EM GOOGLE MAPS

Perguntei a amigos romanos o que havia nessa igrejinha.

Eles me explicaram – não sem antes me prevenirem de não me espantar – que lá havia um Museu das Almas do Purgatório.

Quer dizer, uma coleção de sinais do além deixados por essas almas, que na maioria das vezes apareceram ardendo internamente a parentes ou irmãos de religião.

Sempre pedindo orações para saírem do Purgatório, onde pagavam penas devidas a seus pecados e irem para o Céu.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Monges trapistas fazem a melhor cerveja do mundo

30 garrafas de Westvleteren XII com seus copos
e a caixa (no fundo) para presente
A cerveja Westvleteren XII, produzida na Abadia de São Sixto de Westvleteren (Bélgica), há anos vem sendo eleita a melhor do mundo por milhares de especialistas.

Em conseqüência, os pedidos dessa bebida se multiplicaram, a cerveja se esgotou e muitos clientes exigiram aumento de produção.

A abadia, contudo, não pretende elevar a produção. “Para nós, a vida na abadia vem primeiro, não a cervejaria” — explicou o monge Mark Bode ao jornal "De Morgen".

Na abadia, cerca de 30 monges trapistas levam uma vida de reclusão, orações e trabalho manual.

Neste ano (2013) a cerveja Westvleteren XII voltou a ser apontada como “a melhor cerveja do mundo” (“Best Beer in the World”). Confira no site Ratebeer.

A imprensa especializada se pergunta como isso pode ser possível, superando em qualidade os maiores holdings e empresas de cerveja do mundo.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

O gênio artístico da Itália: riqueza e diversidade


O espírito italiano comporta duas facetas:

Uma consiste em imaginar um mundo como poderia ser. É o mundo dos sonhos.

Outra faceta se volta para a realidade concreta, dentro da qual os italianos ingressam com muito senso.

O senso da arte e o senso do comércio formam na Bella Peninsola uma composição em que não se sabe bem qual é o vencedor.

Depois de ter dado uma tacada na indústria, o peninsular cantarola.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

S.S. Pio XII viu o “milagre do sol” quatro vezes no Vaticano


O “milagre do sol” tal como aconteceu em Fátima diante de 40.000 pessoas repetiu-se quatro vezes diante do olhar de S.S. Pio XII no Vaticano.

Segundo informou o vaticanista Andrea Tornielli, citado pela agência Zenit, o fato ficou consignado num bilhete manuscrito do próprio Papa que foi exposto na amostra “Pio XII: o homem e o Pontificado”, na Santa Sé.

O bilhete foi achado nos arquivos da família do Pontífice.

“Eu vi o ‘milagre do sol’, esta é a pura verdade”, escreveu ele.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Megan Hodder, a moça ateia inglesa que caiu de joelhos diante do catolicismo

Megan Hodder
Megan Hodder
Megan Hodder era uma moça padrão. Segundo ela, “a religião era irrelevante na minha vida pessoal”.

Devorava livros de ateus e evolucionistas como Dawkins, Harris e Hitchens, “cujas ideias eram tão parecidas com as minhas que eu empurrava quaisquer dúvidas para o fundo da minha mente”, informa reportagem do jornal “The Catholic Herald”.

Mas ficando um pouco mais culta percebeu que precisava sair da bobice, e começou então a pesquisar as ideias daqueles que ela achava serem os piores inimigos da razão: os católicos. “Foi aqui, ironicamente, que os problemas começaram”.

Quais problemas?

“Eu fiquei colocada diante de um Deus que é o parâmetro de bondade e verdade objetiva e para o qual nossa razão se dirige e no qual ela se completa. Uma entidade que é a fonte de nossa percepção moral, que requer desenvolvimento e formação por meio do exercício consciente do livre arbítrio”.

E iniciou-se nela um debate interno.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Nos EUA, nova abadia beneditina
quer imitar os monges fundadores da Cristandade



Em Hulbert, Oklahoma, nasceu um mosteiro beneditino masculino que imita seus antecessores medievais europeus.

O mosteiro de Nossa Senhora da Anunciação de Clear Creek [foto] foi fundado por estudantes da Universidade de Kansas que se entusiasmaram pela cultura e as idéias da Civilização Ocidental.

Eles começaram a estudar latim e logo perceberam que o catolicismo foi a fonte de todos os bens que admiravam.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

A Nossa Senhora:
um dos mais antigos cânticos da América

Nossa Senhora do Carmo, escola cusquenha
Nossa Senhora do Carmo, escola cusquenha

O “Hanaq Pachaq” ‒ o “Reino dos Céus” na língua incaica ‒ é uma muito antiga obra polifônica composta no Novo Mundo e dedicada a Nossa Senhora.

É um hino para ser cantado nas procissões de ingresso na igreja.

Ele foi concebido em língua quéchua, a dos incas do Peru.

Provavelmente o autor foi um indígena. O missionário franciscano frei Juan Pérez Bocanegra fez a anotação musical.

A partitura se encontra no fim de um “Ritual formulário”, de 1631, obra do religioso. Porém, o hino foi composto anos antes, provavelmente em 1610.

No “Hanaq Pachaq” os fiéis perguntam à Mãe de Deus qual é o lugar que seu Filho reserva aos mortais no Reino dos Céus.

Igreja de São Pedro, Andahuaylillas, Peru
Igreja de São Pedro, Andahuaylillas, Peru
A versão original foi recuperada pelos padres jesuítas de Urcos ‒ Quispicanchi, Cuzco, Peru ‒ sob a direção do Pe. José María García, SJ, conhecedores do antigo quéchua litúrgico.

O manuscrito original é conservado na Biblioteca da Universidade de San Andrés, em La Paz, Bolívia.

Frei Bocanegra, pároco de Andahuaylillas, em Quispicanchi, ao sul de Cuzco, aumentou a igreja e a embelezou a ponto de ser qualificada de Capela Sistina dos Andes.

A paróquia fica frente ao morro Qoriorqo, que literalmente significa “morro de ouro”.

Igreja de São Pedro, Andahuaylillas,  onde foi cantado por vez primeira
Igreja de São Pedro, Andahuaylillas,
onde foi cantado por vez primeira
Por volta de 1610, o missionário mandou construir nela dois órgãos que ainda se conservam. Eles são os mais antigos da América Latina.

Tudo leva a crer que foi nessa capela que se cantou por vez primeira esse hino carregado de mistério, doce, profundo, revelador da capacidade dos indígenas para estabelecer uma relação muito intima com Nossa Senhora.

O sacerdote escreveu a primeira gramática fonética hispano-quéchua, além do “Ritual formulário” que contém o “Hanaq Pachaq”, hino “para ser cantado pelos cantores no momento de ingressar na igreja”.

O discípulo de São Francisco foi também Cônego Magistral da catedral de Cuzco e administrador dos imensos bens do marquesado de Oropesa de Santiago.

Ana María Lorenza de Loyola Coya e seu esposo,  Juan Enríquez de Borja, marqueses de Oropesa
Ana María Lorenza de Loyola Coya e seu esposo,
Juan Enríquez de Borja, marqueses de Oropesa
O Marquesado de Santiago de Oropesa é o título nobiliárquico outorgado pelo rei Felipe III de Espanha para a descendência real incaica por linha feminina para Maria de Loyola e Coya-Inca. Foi um dos grandes senhorios plenos da América.

HANAQ PACHAQ

HanaqPachaq kusicuinin
Ó alegria do Céu,

waranqakta much’asqayki,
Reverenciar-te-ei por todo e sempre,


yupayruru puqoq mallki,
Árvore florida que nos dás o Fruto Sagrado,

runakunaq sayakuinin
esperança da Humanidade,

kallpanaqpa quemikuinin,
fortaleza que me sustenta

waqllasqayta.
quando eu estou para cair.


Uyariway much’asqayta
Nossa Senhora do Rosário de Pomato, escola cusquenha
Nossa Senhora do Rosário de Pomato, escola cusquenha
Considera minha veneração,

Diuspa rampan Diuspa maman
minha reverência e meu pranto.

yuraq toqtoq hamanqayman,
Ó Tu, mão guiadora de Deus, Mãe de Deus,

yupasqaya qollpasqayta,
‘Amancaicito’* que desabrochas em tenras e brancas asas,

wawarkiman suyusqaita
faz a este teu filho conhecer

rikuchillay.
o local que lhe tendes reservado no Reino dos Céus.

*Amancaicito =Flor andina, parecida ao lírio branco.

(Fonte: Blog “De villancicos, tonos humanos y zarzuelas”)

Video: HANAQ PACHAQ



segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Nomes sagrados de cidades brasileiras

Museu Paulista (ou Museu do Ipiranga).
Nesse local - em que foi proclamada a Independência do Brasil -
a cidade de São Paulo recebeu o nome do Apóstolo dos Gentios,
por ter sido fundada na festa comemorativa de sua conversão.

Carlos Sodré Lanna (*)

O espírito religioso do povo português encontrou no Brasil um clima fecundo para sua natural expansão.

O costume de se designar os acidentes geográficos pelos nomes de Deus, da Virgem Maria, dos santos e santas teve origem com o Descobrimento, a partir de suas primeiras denominações: Terra de Vera Cruz e de Santa Cruz.

Essa tradição é responsável pelos nomes sagrados dados a centenas de cidades, distritos e vilas de nossa Pátria, nos mais diversos quadrantes, como também a regiões, rios, lagos, montanhas e pontes, todos extraídos da religiosidade católica.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

O quê explica o entusiasmo que houve pelo nascimento do bebê real inglês?

Primeira foto oficial do pequeno príncipe
Primeira foto oficial do pequeno príncipe
O nascimento do filho do príncipe William e da duquesa de Cambridge Kate Middleton desencadeou uma onda de alegria e simpatia no mundo inteiro.

Passado o primeiro momento, a reflexão sobre o acontecimento provoca surpresos e admirados comentários.

“O porvir da dinastia Windsor está garantido”: a manchete não foi de um jornal sério, mas do tabloide “The Sun”, o qual percebeu que seus leitores, inclusive os republicanos, se regozijavam de forma esmagadora com a feliz notícia para a monarquia.

Sociólogos, peritos e comentaristas ‘progressistas’ queimam os neurônios tentando “explicar a enorme popularidade da família real britânica” – comentou o jornal progressista e socialista francês “Le Monde”.

As pesquisas apontam o príncipe William, o feliz pai, como mais popular do que a rainha, cujo índice de aprovação superou 90% durante o Jubileu de Diamante em 2012. Só 17% dos interrogados se disseram abertamente republicanos, mas muitos deles partilhavam a emoção e o entusiasmo pelo bebê real.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Para nobre, governo que impôs o “casamento” homossexual prolonga o Terror da Revolução Francesa

Pierre-Louis de La Rochefoucauld, duque de Estissac,
e sua esposa a duquesa Sabine
Pierre-Louis de La Rochefoucauld, duque de Estissac, declarou ao jornal irlandês “The Irish Times”, que ele não comemora o aniversário da queda Bastilha, fato revolucionário que marcou o inicio da derrocada da monarquia na França.

O duque afirma que são muitos os nobres franceses que assumiram essa posição, e que o socialismo ovante do presidente François Hollande os vem reforçando nessa recusa.

“Na Revolução Francesa nós tínhamos que fugir, nos esconder ou sermos mortos”, explica. No dia da Bastilha, há 224 anos, seu antepassado François Alexandre Frédéric de La Rochefoucauld foi interrogado pelo decadente rei Luis XVI se havia uma revolta em Paris.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Religião, prole numerosa e bem-estar versus poucos filhos e crise econômica

Os mansos possuirão a terra” também num sentido especial, contido em relatório do “U.S. Fertility Forecast” e divulgado pelo site “Demographic Intelligence” de Charlottesville, EUA.

O relatório aponta que as mulheres que frequentam regularmente os ofícios religiosos têm em geral famílias mais numerosas que as que não frequentam.

“Nós ficamos surpresos quando verificamos em diversos grupos sociais que a decisão de ter mais filhos depende de outros fatores que não são de ordem econômica ... então nós começamos a estudar esses grupos”, explicou Sam Sturgeon, dos Centros de Controle das Doenças (CDC), que também reúne estatísticas sobre a fertilidade nos EUA, informou a agência “LifeSiteNews”.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Americanos se perguntam se para eles ter uma família real não seria melhor

A chegada do mais recente principezinho na família inglesa galvanizou os EUA, a ponto de Gail Collins, jornalista do “The New York Times”, escrever que está começando a achar “que uma família real poderia ter certa utilidade nos EUA”.

Gail, que é ostensivamente contrário à monarquia inglesa, fez uma comparação e constatou: “enquanto a Grã-Bretanha aguardava a chegada do mais novo Windsor, em Nova York esperávamos o segundo capítulo do escândalo sexual de Anthony Weiner”, um candidato a prefeito que se teria oferecido sexualmente pela internet.

Gail acha que tanto escândalo político já “deixou de ser uma brincadeira para tornar-se algo triste e deprimente”.

Tampouco as famílias dos presidentes americanos trazem notícias reconfortantes para os cidadãos, escreveu a jornalista.

“O que há nos EUA mais próximo de uma família real é a dos presidentes, e eles costumam ser homens de meia-idade que produzem bem poucos eventos marcantes para a família. E mesmo quando o fazem, a reação do país às vezes é particularmente mal-humorada”.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Países africanos recusam a agenda homossexual porque acreditam em Deus


Em mais uma viagem pela África, o presidente americano Barack Hussein Obama voltou a verberar os países que o acolheram, mas não aceitam o “casamento” homossexual, informou a agência LifeSiteNews.

Obama se engajou na promoção da agenda homossexual numa viagem onde levava US$ 100 milhões para seduzir o continente africano.

Nos discursos, como de costume, Obama disse que respeitava a fé das pessoas, etc. acrescentando que a igualdade da família homossexual e tradicional é “um princípio que acho que deve se aplicar universalmente”.

Numa clave mais composta, William Ruto, Presidente do Quênia lhe respondeu durante uma Missa de domingo na igreja católica de São Gabriel em Maili Kumi.

Ele mostrou-se muito agradecido pelas contribuições econômicas dos EUA que foram tão benéficas para o Quênia, mas, esclareceu a respeito do problema moral que seu país está empenhado em defender a família segundo os ensinamentos da Escritura.

“Os que acreditam em outras coisas, esse é um assunto deles”, acrescentou o presidente Ruto na igreja católica. “Nós acreditamos em Deus”.

domingo, 28 de julho de 2013

As crianças crescem mais sadias fazendo as refeições em casa, dizem cientistas

 
Uma mesa grande cheia de filhos, com pai e mãe presidindo, barulhenta, repleta de comida, faz bem ao coração e à digestão!

Essa conclusão, que era bem conhecida pelos antigos, resulta de uma investigação publicada pelo conceituado jornal inglês The Guardian citada pelo jornal argentino “Clarín”.

Segundo o estudo, as crianças que fazem as refeições com seus pais crescem mais saudáveis que as que não o fazem.

O trabalho foi realizado pelo Centro de Ciências para a Saúde da Universidade de Edimburgo, que acompanhou os hábitos alimentares de duas mil crianças de cinco anos.

domingo, 14 de julho de 2013

A suntuosidade do Templo foi ordenada por Deus em pessoa

São Pedro de Roma: colunas salomônicas evocam o Templo de Jerusalém.
A pompa dos templos é por vontade de Deus
e não dos homens ou sacerdotes.
Pe. David Francisquini.
Sacerdote da igreja do Imaculado Coração de Maria, Cardoso Moreira - RJ

 
O esmero aplicado na construção do Templo de Jerusalém não consistiu apenas no impulso inicial dado pelo Rei David para que a edificação fosse monumental e digna para abrigar a Arca da Aliança.

Advertido pelo próprio Deus, ele sabia que a grandiosa empreitada caberia a seu filho Salomão, ao qual, como pai, quis facilitar e incentivar.

Soube, todavia, encontrar forças suficientes para reunir a elite e movê-la com vistas àquela edificação, a fim de que o Templo representasse também poder, grandeza e autoridade.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Abaixo assinado recorde de 38.000 estonianos derruba “casamento” homossexual


A Fundação Estoniana pela Defesa da Família e da Tradição coletou o maior abaixo assinado da história do país, recolhendo 38.000 assinaturas contra o “casamento” homossexual que alguns deputados tentam passar no Parlamento.

A Fundação fez chegar um convite nesse sentido aos 580.000 lares existentes na Estônia, tendo recebido a adesão de 6,5% da população do pequeno país.

Slawomir Olejniczak, porta-voz da Fundação, declarou à agência LifeSiteNews que a petição atingiu essa adesão recorde malgrado o silencio massivo da imprensa oficial do país.

“A Rádio Nacional (ERR) boicotou completamente nossa petição – e eu digo totalmente –, só concedendo pequenos espaços em artigos redigidos em seu site em inglês destinado aos estrangeiros”, disse Olejniczak.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Croácia bane “educação sexual” nas escolas e se apresta a impedir o “casamento” homossexual

Corte Constitucional baniu "educação para a saúde (sexual)" nas escolas
Na Croácia, o Tribunal Constitucional derrubou um programa de “educação sexual” nas escolas introduzido pelo Partido Socialista no poder.

O perverso programa incluía a promoção da homossexualidade, da pornografia, de condutas promíscuas e da pedofilia.

A associação “A Voz dos Pais das Crianças” – GROZD, apresentou recurso ante dito tribunal sobre a constitucionalidade desse programa, aliás compulsivo para todas as crianças em idade escolar.

A Corte Constitucional reconheceu a procedência do recurso e interditou o programa nas escolas, afirmando que os direitos dos pais devem ser respeitados.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Vigília de 500.000 filipinos cobra dos políticos defesa efetiva da vida e da família

500,000 filipinos fazem vigília pela vida e pela família, Manila
Mais de 40 organizações, integradas por católicos filipinos do “White Vote Movement”, realizaram em abril uma vigília com a participação de 500.000 pessoas em favor da vida e da família.

Nas Filipinas o povo teme ser novamente enganado pelos políticos, que bancam serem pela família e depois fazem o contrário do que prometeram.

A enorme vigília aconteceu em Parañaque City, na periferia da Grande Manila, capital do país, informou LifeSiteNews.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Católicos defendem catedral de Guarulhos da “Marcha das Vadias”

Católicos defendem com orações e sua presença a catedral de Guarulhos contra "Marcha das Vadias"
Católicos defendem com orações e sua presença a catedral de Guarulhos contra "Marcha das Vadias"


Nilo Fujimoto

Aconteceu. Não, não aconteceu. A marcha em Guarulhos, no sábado, 8/06, pretendeu contrarrestar os que têm como ideal de vida a conduta pautada pelos princípios cristãos, ainda mais num país cujos fundamentos foram solidamente construídos pelas heroicas missões da Igreja Católica.

Da pretensa marcha temia-se – com largo fundamento no modus operandi do movimento que é internacional – que viesse a atingir edifícios e símbolos que representam princípios opostos ao que defendem, como a igreja local: com o intuito de amortecer e minar as fibras morais dos que ainda permanecem fiéis na luta contra a deterioração contínua dos costumes.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Astro católico e pró-vida do futebol americano cancela encontro com Obama

Matt Birk, jogador central do Baltimore Ravens, clube que acaba de ganhar o famoso Super Bowl (Super-Taça) do futebol americano, recusou-se a participar da habitual recepção concedida aos vencedores pelo presidente dos EUA, na Casa Branca.

Matt disse que seus princípios a favor da vida o impediam de encontrar-se com o presidente Obama, noticiou o “The Huffington Post”.
Católico e pai de seis crianças, Matt declarou à rádio KFAN-AM, de Minnesota, ter “grande respeito pela função da Presidência”, mas que “há cerca de cinco ou seis semanas, nosso presidente fez uma alocução na qual disse ‘Deus abençoe a Planned Parenthood’”.

E acrescentou: “A Planned Parenthood pratica por volta de 330 mil abortos por ano. Eu sou católico, sou militante do movimento Pela Vida e sinto que não posso brincar com isso. Eu não posso endossar de modo algum... Pedir a Deus que abençoe uma entidade que está exterminando 330 mil vidas por ano? Eu decidi não comparecer”.

domingo, 9 de junho de 2013

Jovem troca discurso de formatura por Pai-Nosso, apesar de proibição nos EUA

Roy Costner reza o Pai Nosso diante de todos e é aclamado
Roy Costner reza o Pai Nosso diante de todos e é aclamado

O estudante Roy Costner foi escolhido para orador na cerimônia de formatura da escola secundária Liberty, na Carolina do Sul.

Ele foi aclamado pelos presentes quando decidiu substituir pelo Pai-Nosso a mensagem que havia redigido.

Ele entendia enviar assim uma resposta às autoridades educativas do condado (distrito) de sua cidade, que proibiram as orações nessas cerimônias, segundo noticiou a agência ACIPrensa.

O público ficou emocionado quando o jovem rasgou o discurso já pronto e aprovado oficialmente pela diretoria da escola,.

Logo a seguir afirmou desde o estrado que agradecia a seus pais por tê-lo educado na Fé desde criança.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Conselho nacional de Medicina irlandês recusa despenalização do aborto

Irlandeses pela vida pedem a União Européia deixar de pressionar o país para passar o aborto
Pressionado pela mídia e por ONGs internacionais, o governo irlandês acabou com a proibição do aborto. Quatro meses depois de sua introdução, as autoridades se depararam com a realidade: a principal organização nacional dos médicos – a Irish Medical Association – recusou a lei liberalizante.

Um grupo de médicos ativistas da morte – o Doctors for Choice, que ironia! –, pressionou a associação em favor da despenalização do aborto. Mas essa foi recusada por 42 votos contra 32, escreveu o “Le blog de Jeanne Smits”.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Conservadorismo lidera na sociedade americana


Em 1964, nos EUA, um conservador “parecia vindo de um outro planeta”.

Mas hoje o conservadorismo cultural lidera a sociedade — escreveram no “New York Times” John Mickeltwait e Adrian Wooldridge, autores do livro A Nação Correta: o Poder Conservador nos EUA. 

Para eles, é burrice achar que a mudança dependeu de dinheiro ou deste ou daquele político, mas foi fruto de uma transformação profunda na sociedade. 

Segundo pesquisa Gallup, 41% dos americanos se dizem conservadores, e apenas 19% esquerdistas. 

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Holanda se sente unida e dignificada com a entronização de seu novo rei

Todas as autoridades da Holanda juraram fidelidade ao novo rei
Todas as autoridades da Holanda juraram fidelidade ao novo rei

Em Amsterdam, o rei Guilherme-Alexandre da Holanda assumiu o trono em meio ao entusiasmo popular, após a abdicação de sua mãe, a rainha Beatriz.

Jornais como o The New York Times deblateraram contra a pompa e o esplendor das cerimônias de transmissão da coroa.

Porém, muito diverso foi o posicionamento dos jornais holandeses, muito afins ao The New York Times em outras matérias, mas não tão descolados da vida quotidiana de seu país.

O jornal Trouw, de Amsterdam comentou que, apesar de se ouvir muitas vezes que não há lugar para uma casa real num Estado moderno, “a confiança da população na monarquia permanece intacta”.

sábado, 11 de maio de 2013

No Dia das Mães: O amor materno no que tem de mais sublime e tocante

Frederick Morgan, "Amor materno"

É de Emile Faguet, se não me engano, o seguinte apólogo: Havia certa vez um jovem dilacerado por uma situação afetiva crítica. Queria ele com toda a alma sua graciosa esposa. E tributava afeto e respeito profundos à sua própria mãe.

Ora, as relações entre nora e sogra eram tensas e, por ciumeiras, a jovem encantadora mas má, concebera um ódio infundado contra a idosa e veneranda matrona.

Em certo momento, a jovem colocou o marido entre a espada e a parede: ou ele iria à casa da mãe, a mataria, e lhe traria o coração da vítima, ou a esposa abandonaria o lar. Depois de mil hesitações, o jovem cedeu.

Matou aquela que lhe dera a vida. Arrancou-lhe do peito o coração, embrulhou-o em um pano, e se dirigiu de volta para casa. No caminho, aconteceu ao moço tropeçar e cair.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Construção de castelo medieval: multidões afluem


Em Guédelon, na França, está sendo erigido um pequeno castelo seguindo estritas normas de construção medievais. 

O objetivo é testar as teorias atuais sobre as técnicas arquitetônicas da Idade Média: as matérias-primas são extraídas das redondezas; não se usa cimento; não há caminhões, guindastes ou motores; cavalos e asnos da região fazem o transporte e a tração; os utensílios foram fabricados no local. 


Os operários vestem roupas de época e aprenderam a talhar manualmente a pedra. 


Eles se consideram felizes trabalhando assim. Mas não só eles estão contentes. 

domingo, 28 de abril de 2013

Dakota do Norte torna praticamente impossível o aborto

Jack Dalrymple 1280, governador de Dakota do Norte
Jack Dalrymple, governador de Dakota do Norte
Jack Dalrymple, governador do estado rural de Dakota do Norte (EUA), promulgou em 26 de março as leis mais restritivas do aborto no país, noticiou a revista socialista francesa “Le Nouvel Observateur” não sem mal-humor.

Nos EUA, o aborto foi introduzido por um acórdão da Suprema Corte de Justiça, equivalente ao nosso STF, e embora os estados não possam proibir essa prática assassina, podem pôr limites à sua aplicação e assim salvar grande número de vidas.

Neste caso, a primeira lei promulgada pelo governador proíbe toda forma de aborto desde o momento em que as primeiras batidas de coração da criancinha no ventre materno são perceptíveis.

Isto ocorre por volta da sexta semana após a concepção, quando muitas mulheres ainda ignoram que estão grávidas.

A lei não admite exceção alguma, nem mesmo em caso de violação, incesto ou perigo para a saúde da mãe.

O governador não descartou a possibilidade de lei ser objeto de uma ofensiva no Judiciário para tentar anulá-la, embora provenha de “uma iniciativa legítima de um Legislativo estadual”.

domingo, 21 de abril de 2013

Justiça polonesa condena partido que queria tirar crucifixo do Parlamento

Parlamento polonês: o crucifixo disputado fica à esquerda da foto
O Tribunal Distrital de Varsóvia pronunciou-se contra um partido polonês que abriu um processo exigindo a remoção de um crucifixo da sala de debates do Parlamento nacional, informou a agência Reuters.

O processo foi mais uma tentativa cristofóbica para banir a influência do catolicismo na vida dos poloneses.

O Tribunal argüiu que esse crucifixo nunca motivou protestos, que foi sempre aceito pelos poloneses, e que não violava os seus direitos.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Mosteiro cisterciense do século XII renasce na Califórnia

Abadia de New Clairvaux, Califórnia
Abadia de New Clairvaux, Califórnia
No norte da Califórnia renasceu um mosteiro medieval cisterciense.

A notícia caiu como um raio em céu sereno, pois nunca se diria que o progressista estado californiano acolheria um dos símbolos mais opostos à modernidade.

Além do mais, trata-se de um autêntico mosteiro medieval espanhol do século XII.

Como?

O magnata William Randolph Hearst havia comprado e levado para a Califórnia no início do século XX as ruínas do mosteiro de Santa Maria de Óvila, da Espanha, desmontou-o, mas não conseguiu restaurá-lo.

domingo, 14 de abril de 2013

Abortos diminuem e 70% das clínicas da morte fecham nos EUA

Terço pela vida diante de cíinica da morte em Michigan
Terço pela vida diante de cíinica da morte em Michigan
Segundo o Center for Disease Control, os números de assassinatos por aborto nos EUA estão em franca queda: de 2009 a 2011 eles diminuíram 5%, o maior declínio ocorrido na última década, informou a agência LifeNews.

Baseada nesses dados oficiais, a associação pela vida National Right to Life Committee (NRLC) mostrou que os abortos estiveram em constante aumento nas décadas de 70 e 80, atingindo até o início dos 90 a marca anual de cerca de 1,55 milhão de execuções.

Nessa data, a criação de centros com ultra-som para atender às mães em risco de abortar, a gradual entrada de legislação estadual protegendo a vida e as campanhas de grupos antiabortistas na Internet inverteram a tendência.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Amostra no Japão focaliza a heroica perseverança dos “católicos escondidos”

Quadro japonês de um "cristão escondido" fiel nas perseguições.  No centro: Nossa Senhora e o Menino Jesus, S. Matias, Sto Inácio, S.Francisco Xavier e Sta Luzia.  Em volta: os mistérios do rosário
Quadro japonês de um "cristão escondido" fiel nas perseguições.
No centro: Nossa Senhora e o Menino Jesus, S. Matias, Sto Inácio,
S.Francisco Xavier e Sta Luzia. Em volta: os mistérios do rosário
A Universidade de Kyoto, Japão, está promovendo uma exposição que mereceria ser mais conhecida pelos católicos do mundo inteiro.

Trata-se de uma amostra de quadros pintados por “cristãos escondidos” dos séculos XVII a XIX, quando o cristianismo era sanguinariamente proibido no país e houve incontáveis mártires, como os de Shimabara.

Os primeiros portugueses aportaram no Japão a partir de 1543, levando missionários católicos. Entre eles, o grande São Francisco Xavier SJ.

Durante seis ou sete décadas, o catolicismo foi acolhido com entusiasmo. O fato foi registrado por artistas japoneses, dando origem a uma escola chamada Namban. Esta se caracteriza por uma síntese de elementos nipônicos e ensinamentos artísticos ocidentais transmitidos nos seminários.

A habilidade dos japoneses para a pintura fez com que os missionários lhes encomendassem quadros grandes para os altares, ou pequenos para uso pessoal dos fieis.

Esses quadros existiram em grande número, mas foram destruídos quando o Shogun [governador militar designado pelo imperador com poderes de ditador] pagão Tokugawa ordenou uma das mais sangrentas perseguições religiosas da história.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

A revelação que vem da França

Católicos animaram a manifestação contra o 'casamento' homossexual,
Paris, janeiro 2013
Alguma coisa de esclerosado e seco rachou no grande espaço do Champ de Mars em Paris, no dia 13 de janeiro de 2013, escreveu o site francês Itinerarium.

A fachada que caiu foi a da geração do respeito humano e do ativismo progressista. Uma geração que se empanturrou de Vaticano II e se perdeu pelas dunas do mundo.

O que surpreendeu no frio parisiense foi a manifestação de uma geração católica nova e em movimento.

Essa geração vinha dando sinais que não estavam sendo bem interpretados pelos analistas e pela imprensa.

Trata-se de uma nova onda católica que não tem mais medo do mundo, que não teme assumir sua fé e associar-se à tradição em plena modernidade.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Mãe inglesa: “Não! Eu vou dar à luz os quatro!” – E todos passam muito bem.

O casal Robbins com os quadrigêmeos
O casal Martin e Emma Robbins, de 39 e 31 anos, respectivamente, residente em Bristol, na Inglaterra, já tinha um filho – Lucas, 3 – quando ficou sabendo que ganharia o segundo, informou o diário “Daily Mail”.

Mas, depois veio nova informação dos médicos do hospital Saint Michael de Bristol: não vinha um, mas quatro, e quadrigêmeos (dois são gêmeos).

quarta-feira, 27 de março de 2013

Mais de um milhão de franceses marcham novamente contra o “casamento” homossexual

24-03-2013: a manifestação vista desde a dianteira
24-03-2013: a manifestação vista desde a dianteira

Marcelo Dufaur

A imensa Avenue de la Grande Armée – que vai do Arco do Triunfo até a ponte que comunica Paris com La Défense – foi pequena para conter a multidão que se manifestou mais uma vez contra o projeto socialista de “casamento” homossexual que o equipara ao casamento normal e permite a adoção de crianças por casais sodomíticos.

Nem mesmo os organizadores aguardavam tamanha adesão.

Após idêntica manifestação realizada no 13 de janeiro, supunha-se uma certa diminuição, devido à proximidade das datas.

Em janeiro, a “guerra dos números” enfrentou o cálculo prévio da polícia (350 mil) contra o dos organizadores (entre 800 mil e 1 milhão de participantes).

Uma contagem mais ponderada, organizada pelo general de exército Bruno Dary, ex-governador militar de Paris, estimou então o comparecimento entre 800 mil e 900 mil pessoas.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Parlamento polonês recusa três projetos da agenda homossexual

Parlamento da Polônia
O Parlamento da Polônia rejeitou em primeira leitura três projetos de lei que concederiam direitos legais a casais que não estão casados formalmente, inclusive aos homossexuais, informou a agência Reuters.

A polêmica teve um caráter muito amplo, pois confrontou os políticos liberais que querem quebrar o conservadorismo dominante nesse país de maioria católica.

Antes da votação, o primeiro-ministro Donald Tusk pediu aos legisladores “para tornarem mais digna a vida dos homossexuais”.

quinta-feira, 21 de março de 2013

“O tempo passou e me formei em solidão”

Autor: José Antônio Oliveira de Resende. Professor de Prática de Ensino de Língua Portuguesa, do Departamento de Letras, Artes e Cultura, da Universidade Federal de São João Del-Rei/MG.


Sou do tempo em que ainda se faziam visitas.

Lembro-me de minha mãe mandando a gente caprichar no banho porque a família toda iria visitar algum conhecido.

Íamos todos juntos, família grande, todo mundo a pé. Geralmente, à noite.

Ninguém avisava nada, o costume era chegar de paraquedas mesmo. E os donos da casa recebiam alegres à visita. Aos poucos, os moradores iam se apresentando, um por um.

– Olha o compadre aqui, garoto! Cumprimenta a comadre.

domingo, 17 de março de 2013

Episcopado de Camarões condena radicalmente a agenda contra a vida

Episcopado de Camarões
Lamentando que com pretexto de “direitos humanos” tenta se impor à África uma agenda de morte, a Conferência Episcopal de Camarões publicou um expressivo documento.

O teor da declaração dispensa comentários. Ao mesmo tempo é um estimulo aos episcopados do mundo católico para imitarem o corajoso exemplo de integridade e firmeza na defesa da doutrina da Igreja nestas matérias tão atacadas pela Cristofobia.

Intitulado “Declaração dos bispos de Camarões sobe o aborto, o homossexualismo, o incesto e o abuso sexual contra menores”, o documento foi divulgado em diversos sites de Internet daquele país, quase não teve eco na imprensa de Ocidente, excetuados alguns poucos corajosos blogs defensores da vida.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Mil padres católicos britânicos denunciam retorno às perseguições religiosas como fruto do “casamento” homossexual

Capela St Giles, Cheadle, do arquiteto Pugin. Foto: Pe. Lawrence OP
Capela St Giles Cheadle, do arquiteto Pugin. Foto: Pe. Lawrence OP.

Em uma das maiores cartas conjuntas do gênero, mil sacerdotes católicos britânicos denunciaram que a liberdade de praticar e falar sobre a sua fé será “severamente” limitada, caso seja aprovado o “casamento” homossexual no país.

O projeto já foi aprovado pela Câmara dos Comuns (deputados) e deverá ser votado pela Câmara dos Lordes (senadores). Os sacerdotes repudiam como “sem sentido” as garantias oferecidas pelo governo do político conservador David Cameron.

Eles comparam a tentativa de redefinir o casamento com o golpe dado pelo rei Henrique VIII, que tirou a Inglaterra do seio da Igreja para poder divorciar-se da rainha Catarina de Aragão.

Henrique VIII deu assim origem à igreja anglicana atual, hoje em fase de desfazimento moral e de organização.

Como muitos católicos não aceitaram o cisma, o mau rei começou repressões que duraram séculos, trouxeram a guerra civil, arruinaram o país e o separaram de Roma.