segunda-feira, 28 de julho de 2014

Filhos de pais não praticantes
pedem o Batismo na França


Se encontrardes belas e saborosas maçãs num espinheiro, sabei que não foi esse áspero arbusto que as produziu, mas sim um milagre de Deus. Se do ovo de uma serpente virdes sair um formoso e cantante rouxinol, sabei que não foi a serpente que o gerou, mas sim um outro milagre divino.
Estes pensamentos nos ajudam a entender como, neste século que parece realizar a profecia de Nosso Senhor “quando virdes estabelecida no lugar santo a abominação da desolação [...] a tribulação será tão grande como nunca foi vista desde o começo do mundo” (Mt 24, 15-21), é possível desabrochar de modo inesperado entre crianças e adolescentes, filhos de pais não religiosos, uma tendência a pedir o batismo.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Mais de 3 mil médicos e estudantes de Medicina poloneses prometem não praticar abortos

Jovens contra o aborto na Polônia
Jovens contra o aborto na Polônia

Mais de três mil médicos e estudantes de Medicina poloneses assinaram em Cracóvia uma declaração em que se comprometem a não praticar abortos nem fornecer receitas para anticoncepcionais, noticiou a agência “Infocatolica”

O juramento hipocrático, pilar da deontologia médica desde o século IV antes de Cristo, é inteiramente claro sobre a incompatibilidade entre o exercício da Medicina e o aborto.

Ele deveria bastar para impedir o massacre dos inocentes e os atentados contra a concepção.

“Eu não darei droga letal a ninguém, caso isso me seja solicitado, não aconselharei tal procedimento; e similarmente, não darei a uma mulher um pessário [diafragma] que lhe provoque um aborto” – diz o original grego do juramento.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Onda de conversões de adultos no Vietnã

Católicos na capital Hanoi
Católicos na capital Hanoi

No Vietnã, o vazio gerado pelo ateísmo comunista produz efeitos análogos aos verificados na China, atraindo muitas almas para a Igreja Católica

Em Ho Chi Minh City, antiga Saigon, a maior cidade do país, 680 mil de 9 milhões de habitantes são católicos e seu número cresce assustadoramente para o regime socialista. A conversão de Tô Hai, “prócer” do comunismo vietnamita e célebre compositor nacional, causou sensação recentemente. Confira: Líder vietnamita repudia socialismo e entra na Igreja Católica

Há na diocese 670 sacerdotes, mais de 5.000 religiosos e religiosas, mais de 7.000 catequistas e todo ano mais de 6.000 adultos pedem o batismo, segundo noticiou o site “Religión en Libertad”.

Em 2012, por exemplo, foram batizados 6.736 adultos, provenientes do ateísmo, do budismo ou do culto aos antepassados. O número anual de batismos de bebês é o triplo.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Aldeões defendem a Cruz
em luta desigual contra a policia socialista


A bem informada agência AsiaNews noticiou que centenas de cristãos de uma cidade perto de Wenzhou lutaram durante horas contra policiais que queriam arrancar o símbolo da Redenção do alto da igreja.

Alguns fieis foram socados, receberam pontapés e porretadas.

Após horas de confronto, a polícia desistiu. Mas voltou num horário tardio da noite para tomar conta da igreja e tirar a Cruz pela força.

O Partido Comunista da região de Zhejiang lançou a campanha “Três revisões e uma demolição”.

O objetivo seria corrigir os prédios construídos fora do Plano Diretor da cidade.

Mas, de fato, a campanha visa destruir em grande escala as igrejas cristãs que florescem por toda parte na província, apelidada de ‘Jerusalém do Oriente’.

A agência AsiaNews elaborou uma lista com fotos de 64 igrejas destruídas ou com as cruzes arrancadas por essa campanha persecutória que se está estendendo a outras províncias da imensa China.